Papers (estruturas em incêndio)


ROMAGNOLI, Lucas Coscia ; SILVA, V.P. . About the use of semi-continuity to remove fireproof coatings in simply supported composite steel and concrete beams.. REVISTA IBRACON DE ESTRUTURAS E MATERIAIS, v. 11, p. 296-306, 2018.

download: 1018-7118-3-PB (1).pdf .The behavior under fire conditions of composite steel and concrete beams, not subjected to local buckling (compact steel profile), was studied considering the support rotational stiffness provided by the upper longitudinal slab reinforcement, usually present by means of anti-cracking meshes, and restriction of the steel profile’s lower flange, additional procedure required for development of the support bending moment resistance. Usually composite beams at room temperature are designed as simply supported and the semi-rigidity provided by this longitudinal reinforcement, if considered under fire conditions, may lead to a lower cost solution for fire protection of composite beams. The purpose of this study is to verify the viability of this proposal, using simplified design code methods.

1018-7118-3-PB (1).pdf


Leia Mais

NASCIMENTO, Julia Souza ; AZEVEDO, Macksuel Soares ; SILVA, V.P. ; FERREIRA, Walnório Graça . Análise numérica de vigas de aço em incêndio com dilatação térmica restringida. REVISTA DA ESTRUTURA DE AÇO, v. 7, p. 56-68, 2018.

Vigas de aço tendem a expandir longitudinalmente quando submetidas a temperaturas elevadas. Em situaçõesreais, esse deslocamento axial é impedido por estruturas adjacentes que ainda podem aplicar restrição à rotação de acordo com o tipo de ligação existente. Essa interação entre os elementos favorece o surgimento de esforços internos que influenciam o comportamento da viga, a qual já apresenta capacidade resistente reduzida em resposta à degradação térmica de suas propriedades físicas e mecânicas. O objetivo desta pesquisa é simular numericamente o comportamento de vigas de aço com restrições axial e rotacional nos apoios em situação de incêndio. A análise numérica foi realizada no código computacional ANSYS v17.0, considerando‐se as não linearidades geométricas e do material.

http://www.cbca-acobrasil.org.br/lib/php/download-revista-cientifica.php?arq=101662_rea_4_julia_s_nascimento_et_al.pdf


Leia Mais

SUAZNABAR, J. S. ; SILVA, V. P. Combined axial and flexural loads in short reinforced concrete columns in fire: ultimate limit state curves using 500 °C isotherm method. REVISTA IBRACON DE ESTRUTURAS E MATERIAIS, v. 11, p. 163-182, 2018.

download: 832-6585-3-PB.pdf .Ultimate limit state curves of short reinforced concrete columns in fire situation are going to be presented in this paper. The authors created a code developed in Matlab. It makes a discretization of the cross sections of the columns and calculates the equilibrium integrals of them. The curves were plotted with the code considering the 500 °C isotherm method.

832-6585-3-PB.pdf

Leia Mais

SILVA, Valdir Pignatta; MELÃO, ARTHUR RIBEIRO . Temperatura crítica de perfis I de aço em situação de incêndio. AMBIENTE CONSTRUÍDO (ONLINE), v. 18, p. 325-342, 2018.

O aço e demais materiais estruturais têm sua capacidade resistente reduzida com o aumento de temperatura em situação de incêndio. No caso dos perfis de aço sob campo uniforme de temperaturas, define-se temperatura crítica àquela que os conduz ao colapso. Neste artigo, considera-se que o colapso ocorre quando os valores de cálculo dos esforços solicitantes se igualarem os esforços resistentes, ambos em situação de incêndio. Para este trabalho foi desenvolvida uma ferramenta gráfica, que permite determinar de forma expedita a temperatura crítica de pilares e vigas com base no método simplificado da norma brasileira e empregando o programa AcoInc desenvolvido pelos autores. Ferramenta similar não foi encontrada na literatura pesquisada. Seu uso simplifica sobremaneira o método de dimensionamento normatizado.

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-86212018000200325&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Leia Mais

LAREDO, Raphael C. ; SILVA, V. P. ; ALMEIDA NETO, E. S. . THE EFFECT OF THE STEEL ROOF COLLAPSE ON INDUSTRIAL BUILDINGS PORTAL FRAMES IN FIRE. REVISTA DA ESTRUTURA DE AÇO, v. 6, p. 46, 2017.

download: 2017REA.pdf .Os sistemas de cobertura empregando perfis de aço são amplamente aplicados em edificações industriais. Em algumas dessas edificações, os fechamentos laterais, incluindo os pilares que os sustentam, têm a função de impedir a propagação de um incêndio para a vizinhança. Em muitas situações, as IT´s de Corpos de Bombeiros e a ABNT NBR 14432:2001 dispensam a verificação das estruturas das coberturas, desde que seu colapso não prejudique a estabilidade dos pilares e dos fechamentos. Em incêndio, a cobertura de aço deforma-se pelo aquecimento, provocando forças horizontais nas extremidades superiores dos pilares. Assim, mesmo coberturas simplesmente apoiadas poderão levar o fechamento ao colapso. O objetivo deste trabalho será detalhar um método com base em literatura estrangeira, em que se consideram tais esforços horizontais, fornecer algumas informações não constantes do original, adaptá-lo às normas brasileiras e aplicá-lo a um estudo de caso.

2017REA.pdf



Leia Mais

CHEREM, Marcello ; SILVA, V.P. . Determination of the ULS, for columns with small dimensions, under biaxial bending and symmetrical fire conditions. REVISTA IBRACON DE ESTRUTURAS E MATERIAIS, v. 10, p. 451-476, 2017.

download: 836-5677-3-PB.pdf .Obtaining internal load capacity, in reinforced concrete sections, at ambient temperature, under biaxial bending, is one of the most common tasks done by structural engineers, but not so common when the member is in fire situation. The intention of this paper is to show that is possible to correlate the ultimate limit state (ULS), in fire situation, with ULS at ambient temperature, for square cross sections under fire from all faces. To reach the purpose and give support to the numerical analysis of this article, a computer program, in Delphi language, called COL FIRE, is being developed by the authors.

836-5677-3-PB.pdf

Leia Mais

PIERIN, I. ; SILVA, V.P. ; VARGAS, Mauri Resende . The effect of the failure of the steel roof on the facade concrete columns of a warehouse in fire. A study case. REVISTA IBRACON DE ESTRUTURAS E MATERIAIS, v. 10, p. 687-705, 2017.

download: 866-5795-3-PBenglish.pdf .In many situations, the Brazilian Legislation does not require verification of roof structures in a fire, since its failure will not endanger the stability of the structure. In fire, the steel roof of an industrial building deforms by heating in geometry similar to a catenary, resulting in horizontal forces in the upper extremities of the columns. Thus, even roofs that do not constitute a frame with the columns may lead them to collapse, therefore, should be protected against fire. Due to the small dimensions of the structural elements of the roof, fire coating is uneconomical. So there is a problem in the design practice. This paper presents a procedure based on British literature, which considers the horizontal load on the columns. This horizontal load must be supported by the columns and the foundations. The aim of this paper is to detail this procedure, adapt it to Brazilian standards and apply it to a case study.

866-5795-3-PBenglish.pdf

Leia Mais

SILVA, V.P.; COSTA, Carla Neves ; MELÃO, Arthur . Procedure for decreasing the required time for fire resistance of the multistory buildings. REVISTA IBRACON DE ESTRUTURAS E MATERIAIS, v. 10, p. 1141-1162, 2017.

download: 887-6167-4-PB.pdf .The Brazilian standard ABNT NBR 15200: 2012 details a procedure for decreasing the required time of fire resistance in buildings with good fire safety characteristics. It called equivalent time method. This name can confuse the less habituated to the fire safety area, because the Brazilian procedure is not equal to the original equivalent time method, European. The purpose of this paper is to discuss the equivalent time method, to detail the origins of the Brazilian method and present their limitations no explicit in the Brazilian standard. Some unknown aspects of most researchers or technical means are presented. It should be highlighted the abundant bibliography presented to aid the understanding of a seemingly simple issue, but it incorporates many concepts of fire safety, not always understood by the users.

887-6167-4-PB.pdf

Leia Mais

SILVA, V. P.; COSTA, C. N. ; MELÃO, ARTHUR . Procedimento para redução do tempo requerido de resistência ao fogo de edifícios de múltiplos andares. REVISTA IBRACON DE ESTRUTURAS E MATERIAIS, V. 10, P. 1141-1162, 2017.

download: 887-6168-5-PB.pdf .A ABNT NBR 15200:2012 detalha um procedimento para a redução do tempo requerido de resistência ao fogo de edificações com boas características de segurança contra incêndio. Ele recebe o nome de método do tempo equivalente. Esse nome pode confundir os menos afeitos à área de segurança contra incêndio, pois o procedimento brasileiro não é equivalente ao MTE original, europeu. O objetivo deste artigo é discorrer sobre o MTE, detalhar as origens do método brasileiro e apresentar suas limitações não explícitas na norma brasileira. Apresentam-se alguns aspectos desconhecidos da maioria dos pesquisadores ou do meio técnico. Destaca-se a revisão bibliográfica apresentada ao longo do texto, para auxiliar a compreensão de um tema aparentemente simples, porém que incorpora diversos conceitos sobre segurança contra incêndio, nem sempre compreendidos pelos usuários.

887-6168-5-PB.pdf

Leia Mais

CORDEIRO, Leila Cristina Santos ; SILVA, V. P. . On the composite steel and concrete slab fire design. REVISTA DA ESTRUTURA DE AÇO, v. 5, p. 39-58, 2016.

download: 101456_mista (2) (1).pdf .Neste trabalho apresentam-se três maneiras de se dimensionar uma laje mista de aço e concreto. Para isso, optou-se por aplicar os métodos disponíveis a um caso real. Pelo mezanino da Estação de metrô Butantã, São Paulo, circulam mais de 20 000 pessoas por dia. Segundo a IT8 do CBPMESP, esse mezanino é isento de verificação das estruturas em incêndio. Mesmo assim, a Companhia do Metropolitano de São Paulo especificou um tempo requerido de resistência ao fogo de 90 min para a estrutura do mezanino que é composto de vigas de aço e laje mista. Todas as vigas foram revestidas para resistir 90 min de incêndio-padrão conforme resultados de ensaios em função do TRRF e do fator de massividade. Neste trabalho será verificada a resistência ao fogo da laje mista, conforme ABNT NBR 14323:2013, pelo método simplificado de Bailey (2000, 2000a) que inclui o efeito de membrana e por modelagem empregando o programa de computador Vulcan. O objetivo deste trabalho é comparar os resultados e verificar se há necessidade de alguma intervenção na construção, ou se poderiam ser elaborados projetos mais econômicos.

101456_mista (2) (1).pdf


Leia Mais

PARDO, Yisel Larrua ; LARRUA, Rafael ; SILVA, V. P. . Influencia del uso de métodos simplificados de temperatura en la resistencia de la conexión perno. Revista Cubana de Ingeniería, v. VII, p. 12-18, 2016.

download: 12-18 Influencia del uso.pdf . En este trabajo se evalúa el impacto de la utilización de los métodos simplifi cados de determinación de la evolución de las temperaturas en la resistencia de la conexión tipo perno a elevadas temperaturas, en vigas compuestas de acero y hormigón sin revestimiento y con revestimiento contra incendio. Para esto se realizan comparaciones entre la resistencia de la conexión tipo perno cuando se determina la temperatura en el ala superior del perfil por el método simplificado y la obtenida mediante la utilización del método de elementos fi nitos. Se pudo demostrar que cuando se determina la temperatura en el ala del perfil por el método simplificado y el ala superior del perfi l de la sección compuesta presenta un factor de masividad elevado, se subestima en gran medida la resistencia de la conexión lo cual se hace más marcado cuando en las expresiones de diseño predomina el fallo del conector.

12-18 Influencia del uso.pdf

Leia Mais

JACINTHO, Ana Elisabete P. G. A. ; SILVA, V. P. ; REQUENA, João Alberto Venegas ; LINTZ, Rosa C. C. ; BARBOSA, Luísa Andréia Gachet ; PIMENTEL, Lia Lorena . Analysis of composite steel and concrete columns at high temperatures. Fire and Materials, v. 40, p. 305-317, 2016.